Regra: Clã Aburame

• Todo e qualquer membro do Clã Aburame terá acesso à Kekkei Genkai dos Insetos;
• Os Aburame podem comunicar-se com Insetos durante uma batalha e/ou fora dela, podendo adquirir informações com o desenrolar do conflito;
• Os membros do Clã gastam o dobro de chakra para realizar uma técnica qualquer, mas não gastam chakra para técnicas dos insetos.
• Todo inseto vivo que esteja em contato com o corpo de seu usuário se alimenta do chakra do mesmo, porém, o membro do clã não terá um gasto de chakra por ser uma troca equivalente.
• Em contato com o inimigo, qualquer espécie ficará por dentro da pele do mesmo e não por cima.
• O Aburame pode ter até 2 tipos de espécies diferentes hospedadas em seu corpo, se desejar usar outro tipo que não estão hospedados em si, deve-se levá-los em frascos.
• Atualmente o RPG conta com 5 espécies diferentes de insetos com características únicas, sendo elas:


Kikaichū


 Essa é a espécie de insetos que todos os membros do clã Aburame receberão inicialmente.

Esses insetos podem ser treinados em role-playing para se tornarem imunes em até 2 tipos de elementos, podendo ser elementos primários ou secundários, sendo que obrigatoriamente uma dessas imunidades devem ser de algum dos elementos primários e também respeitando a tabela de apredinzagem de cada nível.
• Kikaichū I - Podem se tornar imunes aos elementos Suiton e Fuuton.
• Kikaichū II - Podem se tornar imunes aos elementos Doton.
• Kikaichū III - Podem se tornar imunes aos elementos Katon e Raiton.
• Kikaichū IV - Podem se tornar imunes a qualquer tipo de elemento primário ou secundário.

 Um inseto do sexo feminino pode ser deixado em um alvo e, em seguida, eles podem ser rastreados pelo cheiro, ou insetos de rastreamento podem ser enviados para fora e voltarem para contar as informações para o hospedeiro sobre a área.

 Membros Aburame também podem usar seus insetos para retirar o veneno do corpo de outras pessoas, os próprios insetos são imunes ao veneno.

 Os Kikaichū podem sugar o chakra do oponente até não restar mais nada, porém, existe um limite de chakra que pode ser sugado por post de acordo com o nível dos insetos, sendo eles:
• Kikaichū I - Podem sugar até 25 de chakra por post.
• Kikaichū II - Podem sugar até 50 de chakra por post.
• Kikaichū III - Podem sugar até 100 de chakra por post.
• Kikaichū IV - Podem sugar até 200 de chakra por post.

Para evoluir os insetos e subir eles de nível, é necessário treiná-los por meio de RP, seguindo os seguintes requisitos.
• Kikaichū I - Todos os insetos começam nesse nível.
• Kikaichū II - Necessita um treinamento de no mínimo 5 posts.
• Kikaichū III - Necessita um treinamento de no mínimo 5 posts após os insetos terem alcançados o nível anterior.
• Kikaichū IV - Necessita um treinamento de no mínimo 10 posts após os insetos terem alcançados o nível anterior.


Rinkaichū

Podem ser adquiridos depois do ninja se tornar Jounnin e sendo necessário também um treinamento em RP de como encontrou e conseguiu domina-los, sendo necessário no mínimo 10 posts.

Só podem atingir um oponente com um contato físico do hospedeiro, envenenando o oponente tocado, o dano do envenenamento é de -200 de HP por post.

Os Rinkaichū permanecem vivos em um inimigo por até cinco turnos.

Essa espécie de inseto não tem imunidade elemental.

Shōkaichū

Esse inseto se assemelha a vermes, eles podem cavar o chão e localizar sinais de chakra que, depois, informam para seu respectivo Aburame.

Esses insetos podem localizar sinais de chakra em até 500 m².

Não possui nenhum tipo de imunidade.

Não entram em contato com o corpo de um oponente e não podem causar dano ou até mesmo sugar chakra.

Devem ser encontrados por role-playing e os mesmos não necessitam treinamento.

Kidaichū

Apesar de inicialmente pequeno em tamanho, se fornecido com a quantidade incorreta de chakra, esses insetos imediatamente começam a devorar a carne de seu hospedeiro, fazendo-os passar por um rápido crescimento de proporções gigantescas em última instância.

Esses insetos são extremamente frágeis, não possuindo nenhum tipo de imunidade ou resistência, sendo fácilmente destruídos.

Ao entrar em contato com um inimigo, ele começa a devorar sua carne e conforme se alimenta começa a aumentar de tamanho drásticamente, por isso, após 5 turnos dentro do corpo de um inimigo, o mesmo morre devorado pelos insetos.

Esses insetos são facilmente percebidos quando em contato com um inimigo, sendo assim, ao entrar dentro de alguém, essa pessoa rapidamente se da conta do que esta ocorrendo.

Esses insetos não causam dano por posts e nem mesmo sugam chakra.

O usuário dos insetos não pode mantê-los em seu corpo, sendo necessário levá-los em algum frasco ou coisa do gênero.

Bikōchū

Bikōchū tornam-se atraídos a um cheiro depois de senti-lo pela primeira vez após sua metamorfose, e o cheiro permanece em sua memória, por isso ele sempre vai à fonte do cheiro. Isto é o que faz com que bikōchū seja um inseto cobiçado, uma vez que pode ser usado como um dispositivo de localização formidável.

Não causam dano e nem mesmo podem entrar em contato direto com o corpo de algum ninja, é um inseto exclusivamente para rastreio.

Para serem usados, é necessário que o usuário antecipadamente coloquem em estado de pupa em role-playing, já que, depois de sua metamorfose, a primeira coisa que sentirem o cheiro será o que irão seguir até o fim de suas vidas.

Podem terminar sua metamorfose quando o Aburame desejar, podendo ser dentro ou fora de batalha.

Buscam o cheiro que sentiram ao terminar sua metamorfose em qualquer lugar, independente da distância e ao encontrar, enviam informações para o Aburame usuário.

Não possuem resistência e imunidade a nenhuma técnica elemental.

Devem ser obtidos por meio deu um role-playing, não é necessário treinar, porém, após o uso deste insetos, é necessário encontrar novos (por meio de RP), já que sua reprodução é extremamente lenta.







Clã Aburame Tenor